Com o advento da reforma trabalhista, as empresas podem se adequar a essa nova realidade para reduzir gastos. Vigente desde o fim de 2017, a lei permite uma economia com a folha salarial, sem perder o rendimento das atividades. Assim, você pode reduzir o gasto com trabalhadores celetistas e economizar no pagamento de algumas obrigações, por exemplo, hora extra e férias.

As vantagens são:

  • Contratar colaboradores sem vínculo empregatício (sem FGTS, sem 13º salário e Férias + 1/3, sem aviso prévio e multas, sem horas extras ou adicionais noturnos, além de outras parcelas típicas);
  • Remunerar os empregados celetistas mediante produção, apenas quando prestarem serviços;
  • Manter uma equipe de trabalho à distância, em sua própria residência (home office), sem pagamento de horas extras e sem custos com a estrutura da empresa.

O escritório Copello Gomes disponibiliza 2 materiais, que vão te ajudar a entender como funciona o cronograma Planejamento Trabalhista. O check list deve ser preenchido com as informações necessárias, para dar andamento ao processo. O workflow mostra as 4 etapas que fazem parte do Planejamento Trabalhista, com destaque para o prazo de cada uma delas.