O sistema GESP (Gestão Eletrônica da Segurança Privada), foi desenvolvido pela Polícia Federal para fiscalização e controle das empresas de segurança privada, instituições financeiras e cursos de formação de vigilantes no Brasil.

Por meio dele, a Polícia Federal audita todas as principais informações das empresas, desde a pessoa física dos sócios, passando pelos vigilantes empregados pela empresa, pelas armas e coletes de sua propriedade e pelas ocorrências cotidianas.

Com efeito, essa auditoria diária da Polícia Federal enseja a aplicação de uma infinidade de autuações e multas, pelos mais diversos problemas.

A pergunta é: sua empresa está totalmente segura no GESP?

Como auditar o GESP da sua empresa?

O Escritório Copello Gomes desenvolveu um método de auditoria de empresas de segurança privada e instituições financeiras, o CGESP.

O objetivo do CGESP é avaliar o grau de segurança da organização no sistema GESP em 4 passos muito simples:

  • Varredura de todos os dados cadastrados pela empresa ou instituição;
  • Identificação de riscos: pontos frágeis que merecem um tratamento;
  • Análise e avaliação de riscos;
  • Relatório de tratamento dos riscos: sugestões de tratamento dos pontos frágeis da organização.

Benefícios da Auditoria

  • Conhecimento pleno da organização;
  • Identificação, análise e avaliação de riscos de multa e outras sanções;
  • Redução e controla das funções dos funcionários internos da empresa;
  • Maior Segurança dos dados da organização.

Utilizando o método CGESP a empresa pode concentrar esforços nas atividades da organização sem se preocupar com a varredura e análise dos dados eletrônicos pela Polícia Federal no ambiente digital.

Receba gratuitamente uma avaliação do grau de segurança de sua organização no sistema GESP.